Perder-te não estava nos meus planos - 20ºParte

Peço desculpa por ter ficado tanto tempo sem postar nada, e sem continuar a história. Mas estas últimas semanas foram de loucos. E as que vêem ai também não lhes vão ficar atrás, já que os exames estão mesmo aí a chegar.
Deixo aqui o link do parte anterior para quem quiser recordar :') Obrigada.
19º Parte - http://culpadosmeuspais.blogspot.com/2011/05/perder-te-nao-estava-nos-meus-planos_25.html



'Desculpa do que? Não tiveste culpa nenhuma!'
'Mas podia ter evitado tudo isto, se não tivesse resistido.'
'Não te preocupes amor, mas não te esforçes, agoratens é de recuperar.'
'Obrigado por teres ficado aqui.' e nisto começas a querer levantar-te.
Impedi-te.'Ei, está masé quietinho.'
Mas não resisti e aproximei-me de ti, levei as minhas mãos à tua cara e beijei-te com ânsia.
'Assustaste-nos a todos, sabias? Até a Joana passou cá a noite.'
'Desculpem-me.'
'Mas vá, toca a animar, se não ainda começo a chorar.'
'Mas eu gosto de te ver chorar.'
'Desculpa?'
'Ficas tão vermelha e tão aflita por estares a chorar comigo a ver, que só me dá vontade de te agarrar e nunca mais te largar.'
'Para quem esteve a dormir um dia inteiro, estás muito engraçadinho, hein?'
'Não era para animar?'
'Que parvo pá.' enclino-me e dou-te um beijinho na testa.
Do nada entram quarto a dentro a Joana e o Rafa.
'Comé meu puto, tass?'
'Tass tass, não 'tass' a ver?'
'Fonix, deram-te das boas'
'Se os apanho, estão f*didos meu.'
'Amor, calma, não penses nisso agora.'
'Sorriam meninos' disse a Joana enquanto tirava uma fotografia. 'Daqui a uns dias vais ver a foto e vais rir-te do teu lindo estado Duda.'
'Claro Joana, mal posso esperar.' disses-te num tom irónico.
'A sério, eu enquanto estive hospital por causa da operação ao apendice, queria que me tirassem fotografias para eu depois me ver, mas ninguém me ligou nenhuma!'
'Porque é que terá sido?'
'A conversa está muito animada, mas temos de ir embora já estamos a abusar da boa vontade da enfermeira' disse eu, apesar de me apetecer tudo menos sair de ao pé de ti.
'Pois é meu, vá fica bem.'
'Adeus Duda, e a foto vai comigo.'
'Põe-te bom, ouviste amor? Quando me deixarem volto para juntinho de ti.'
'Devias ir para casa princesa, eu já estou bem.'
'Devia, mas não vou.'
'Obrigado.Gosto mesmo muito de ti.'
'Eu também amor.'
Saí do quarto, fechei a porta devagar e encontei-me à parede mais próxima. Respirei fundo e soltei um sorriso. Consegui tranquilizar finalmente. Estavas bem, e era o que eu mais queria naquele momento.

4 comentários:

Sara'C disse...

A Joana é o máximo xD
Estou a amar.

ritinha. disse...

ADOREI :O

● Mysterious.Girl disse...

estou a adorar (: vou seguir :D

Anónimo disse...

Muito Obrigada meninas :)
Ainda nao percebi o porque, mas nao consigo comentar os blogues.

Raquel