Ti


Tudo o que me possa deixar triste, tudo o que me possa deixar em baixo, tudo o que me possa fazer chorar, nunca vai ser suficiente para apagar as memórias que tenho guardadas comigo e que essas nunca ninguém me as vai tirar. Nunca quis que elas se repetissem, porque foram únicas. Ambicionava só que continuassem a existir, aos poucos, de vez em quando. Não sei, e por isso temo intensamente o que possa vir aí, mas uma coisa garanto. É que aconteça o que acontecer, vou estar sempre contigo, e mesmo que não saibas, vou sempre procurar por ti, saber de ti.
Nunca te esqueças de mim, meu irmão. 
Jamais me esquecerei de ti.

1 comentário:

nês disse...

Quando li, senti algo tão forte, também senti tudo isso, também tenho um alguém assim na minha vida... Mas ultimamente não sei muito bem onde é que essa pessoa anda, pois ultimamente tem andado um pouco distante de mim :/