Portugal com Greve

Carga Policial na Assembleia da República

Não quero discutir o assunto da manifestação de ontem até porque já foi mais que falado, mas não queria deixar este acontecimento passar em branco, nem que seja só para eu me recordar daqui a uns tempos. Pois bem, assumo perante todos que não percebo de politica, sei o essencial. Mas verdade seja dita que não é preciso perceber muito para ter consciência que o pais está a ir de mal para péssimo.
Concordo plenamente que sejam feitas greves. É um direito que temos e como tal devemos usufruir. Prejudica muita gente e para os grandes senhores passa ao lado, mas a indignação tem de ser mostrada, tem de ser fazer ouvir, mas de forma correcta. Manifestar, soltar palavras de ordem, cartazes, megafones, bandeiras, punhos cerrados, tudo bem, é na minha modesta opinião, bonito de ver, é sinal que o país está vivo.
Agora quando entra a violência seja por parte dos manifestantes seja por parte das forças de segurança, deixa de ter qualquer credibilidade. Revolta, exaltação tudo bem é normal faz parte e eu concordo. Mas pedras?  Não consigo defender nenhuma das partes. O que se passou ontem foi apenas triste. Não é assim que Portugal se vai restabelecer.

6 comentários:

Catarina disse...

aww que querida, obrigada Raquel. :) concordo com tudo o que escreveste, e sim é muito triste mesmo!

V disse...

Sempre ouvi dizer que quando partimos para a violência perdemos a razão e não é com aquelas tristes acções que quem lá estava decidiu fazer que vamos sair da crise. Infelizmente há pessoas que pensam que ser violento resolve alguma coisa.
Sigo-te :)*

Evelyn Spark disse...

nao gostei nada de como os manifestantes lutaram pelos seus direitos. é um direito fazer greve mas assim... NAO!

ann disse...

não podia estar mais de acordo. e escreves tão bem! adorei. estou a seguir *

Diogo F. disse...

Obrigado,talvez fique ;)

Andreia Sofia disse...

Concordo com a opinião que deste, Portugal precisa de muito para se restabelecer.

Obrigada pelo teu comentário, beijinho*