Perder-te não estava nos meus planos - 7ª Parte

Da vasta coleção que ele tem, escolhi o 'P2'. É um filme de terror, mas não dos mais fortes. Fui para a sala e meti no DVD. Sentei-me no sofá, à espera dele. Não tardou muito até ele aparecer com um tabuleiro com duas taças, uma de pipocas, outra de batatas fritas, um pacote inteiro de sumo e uma torre de guardanapos.
'Élá, olha que o filme é de terror, não é romance, logo não vou chorar.'
'Homem prevenido, vale por dois'
'Ahaha, sabes muito tu.'
'Fecha alí o estore e clica no play, sff.' Assim o fiz, e o filme começou.
Nem 15 minutos tinham passado após o começo, quando a Dona Ana vem à porta da sala.
'Meninos, tenho de ir embora, portem-se com JUÍZO, ate manhã.'
'Xau mãe.'
'Adeus Dona Ana.'
No decorrer do filme, fomos devorando a comida, resultado tivemos de ir buscar mais, não tinhamos jantado, estavamos esfomedos. O filme que deveria durar cerca de 1h30 demorou quase o dobro, já que a preparação de mantimentos para mais um bocado de filme,era uma brincadeira pegada. A manteiga andava por todo o lado menos nas sandes, as pipocas iam caindo para o chão, mas quanto a isso não havia problema, o Osis comi-as cá com uma velocidade. Com isto tudo o tempo foi passando e o filme foi ficando para trás nos nossos planos. Comemos o que já tinhamos preparado e fomos com o Osis à rua.
'Olha uma estrela cadente!'
'Ai não vi nada' Disse eu.
'Vi eu, pede um desejo'
Pensei, mas não foi preciso muito, apenas pedi o que mais desejava.
'Já está, pede tu agora.'
'Feito.' E enquanto olhava para o céu estrelado, roubei-lhe um beijo.
'Anda, vamos sentar-nos ali no banco, solta o Osis'  Soltei-o então e começou a correr que nem um perdido..
'Já te disse que te amo?'
'Não sei.. podes sempre avivar-me a memória.'
'Amo-te boneca'
'E eu amo-te a ti, muito' Acabámos com um abraço.
Entretanto voltámos para casa, já era quase meia-noite.
'Olha tens de me emprestar uma t-shirt para eu dormir.'
'Podes escolher, estam na segunda gaveta.'
Escolhi uma e dirigi-me para a casa de banho. Voltei já vestida, a t-shirt era quase um vestido para mim.
'Estás linda!'
'Cala-te, não gozes.'
'Estou a falar a sério, és linda de qualquer maneira.'
'Não digas isso, vá vamos dormir.'
Deitei-me na cama,seguidamente tapou-me com os lençois e ficou ali ao meu lado.
'Não te deitas?' Perguntei.
'Deito, mas vou ficar a ver-te adormecer.'
'Mas estás cansado, anda lá, vá. Além disso vou-me começar a rir!'
'Eu aguento.'
'Ai que teimosinho'
'Dorme princesa, eu fico aqui.'

2 comentários:

Sara'C disse...

Eles são uns fofos.
Amo a história.

RS disse...

Olá! :)

http://itsabeautifulmonday.blogspot.com

Dá uma espreitadela! É um blog de venda de roupa online em 2º mão.
Se gostares, segue e recomenda ;)

Beijinhos,
Rita